Balanço 2012 [Pt]

Let it RIP

Tanta coisa aconteceu em 2012, que recapitular é até dificil.

O ano começou meio que com o mesmo feeling de 2011, de que ainda tem coisas pra fazer, pra se desfazer, pra arrumar. Minha vida girava em torno dos preparativos para vir para o Japão,  e de repente um dia desses de janeiro eu e o Daniel resolvemos, por uma série de motivos, nos casar. Lembro que a conversa foi dentro do meu carro. A partir daquele momento, começou uma correria descomunal, e eu estava focando ao mesmo tempo em trabalhar, ficar em forma, me desfazer de tralhas, estudar japonês e preparar as coisas pro casamento, o que incluia design dos impressos, produçao das roupas, todos os contratos, etc, etc. So pra contar como foi esse processo, fiz um blog separado. Em fevereiro, veio a resposta do Governo Japones, e foi confirmado que vou mesmo para o Japão. Tudo ficou mais urgente.
Em março, no dia 14 assinamos os papéis do casamento. E dia 16 foi a festa:

 

E depois dele, foram as minhas duas ultimas semanas no Brasil, arrumando as malas e me despedindo de tudo o que eu mais amo: meus amigos, meus pais, minha cachorrinha e, infelizmente, também a pessoa mais querida de todas que agora tinha a tag de esposo.

Em abril, vim para Kyoto. E entao, os 8 meses seguidos foram maravilhosos por fora e hiper turbulentos por dentro. Estudei japonês como nunca, tive choques culturais e descobertas incríveis, conheci novas pessoas e novos lugares, viajei para Osaka, Kobe, Nagoya, Tokyo. Voltei a desenhar de verdade. Passei a falar as 4 linguas todo dia (russo com meus pais e algumas amigas, portugues com o pessoal brasileiro, japones com os locais e ingles com todos os outros estrangeiros). Tive surtos de estresse, ansiedade e depressão como nunca antes. Tive home-sickness de um jeito que jamais pensei que teria. E ao mesmo tempo, fiquei ainda mais motivada a continuar, a lutar, a nao deixar nada me derrubar, a superar os meus limites pois tudo o que consegui era excelente, mas nao o suficiente.

E nesse tempo, em maio o meu processo de mudança de nome foi concluido com sucesso, alterando erros de grafia e adicionando o sobrenome da minha mãe. A sensaçao nao foi só de mais uma meta cumprida, mas de finalmente acordar de um pesadelo que me assombrou a vida inteira.
No final de setembro o Daniel veio me visitar. Passou duas semanas aqui, que me deram novas forças pra continuar aqui no Japão.
No segundo semestre as coisas parecem ter finalmente encontrado seus lugares, e no final do ano senti que muitos problemas foram resolvidos, mas que precisaria de muito mais esforços daqui pra frente. E na véspera do ano novo fiquei doente, as in gripada de cama, pela PRIMEIRA vez esse ano. Ou nesse país, ao menos. .

A impressão geral que tive desse ano foi de mudanças internas, de evolução e aprendizado. De sofrimento para possibilitar a superação. Eu aprendi o valor de muitas coisas e pessoas, e pude finalmente enxergar o caminho e o que preciso para ele. Cheezy but true.

Contras

  • Scumbag efeito sanfona. Recuperei o corpo dos meus sonhos pro casamento, e estraguei tudo engordando 4kg em questao de meses no Japao.
  • Ficar separada do esposo logo depois de casar.. durante praticamente o ano todo.
  • Casar e nao ter lua de mel. >/
  • Largar tudo e todos. Deixei pra trás meus amigos, meus pais, o amado e a cachorrinha.
  • Depressão, solidão e home-sickness.
  • Ansiedade e problemas de sono pela primeira vez na minha vida.
  • Sem Xbox, Kinect ou Dance Central no Japão. 😦
  • Viver sob outras regras e enfrentar todo um novo nivel de machismo.
  • FRIO!
  • Nao tenho mais acesso às comidas que gosto (ou que meu corpo gosta), e passei a tomar vitaminas e suplementos em quantidades absurdas para poder me manter em condiçoes minimamente saudáveis.
  • A sensaçao constante de que nada é suficiente, razoável ou satisfatório.
  • Re-lesionei meus joelhos a um ponto de estarem ainda piores que no ano passado. Inclusive com episodio de nao conseguir andar durante dois dias.
  • Como deixei todo o meu atelier e meus materiais no Brasil, nao tenho mais tanta facilidade em modificar/criar coisas e cosplays.. nem tenho dinheiro pra isso.

Prós

  • Casamento mais awesome do ano!
  • Mudança de nome, FINALMENTE!
  • Bolsa de estudos! Ser paga pra estudar o que gosto é a melhor coisa que existe.
  • JAPÃO! Akihabara, Shibuya, Den-Den Town, Osaka, Castelo de Nagoya…
  • Udon, Lamen, Takoyaki, Udon, Taiyaki, Okonomiyaki, doces de chá verde, sorvete Baskin Robins, Starbucks, Dragon Fruit.. *_*
  • As tralhas que tive tanto trabalho pra me desfazer, consegui juntar todas de novo comprando baratinho no Japao. xD
  • Piercings novos, na língua e na sobrancelha.
  • Voltei a fazer o que eu mais gosto: estudar línguas, desenhar, e pesquisar sobre estudos de gênero.
  • Novos contatos.
  • Viver sozinha e ser completamente responsável por todas as minhas escolhas.
  • League of Legends e Guild Wars.
  • Macbook Pro, iPhone 4S e iPad 3.
  • Aprendi a andar de bicicleta!
  • Aprendi um pouco de hip-hop, popping e matsuri-dance (até meus joelhos pifarem de novo)
  • Visita do Daniel.
  • Os seminários sobre estudos teóricos sobre mangá, sub-cultura japonesa, BL e cultura otaku.
  • A mudança de tema da minha pesquisa.
  • A exposição dos meus trabalhos em galeria.

Teve muitas dificuldades esse ano, mas o mundo não acabou. Então ele tem que ser CONQUISTADO!

Comente:

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s