Dia do Amigo [Pt]

Estava eu aqui vivendo minha vida quando alguém no Twitter exclama que hoje é “Dia do Amigo”. Imediatamente pensei em cachorro, e imaginei uma foto minha com a Malina sendo postada no Twitter e no Facebook (igual a o que eu fiz no Dia do Beijo), mas acabei não fazendo nada.

Então, um depois do outro, meus amigos foram twittando homenagens às suas respectivas e queridas pessoas, seja simplesmente listando, seja citando o que as inspira ou o que elas gostam nas outras, ou dizendo de onde eles se conhecem. Alguns me citaram, outros não, alguns deram apenas uma felicitação genérica para todos, e outros, ao fim da listagem dos VIPs, mandaram a mesma felicitação genérica para os não-mencionados.

Como alguém dividido entre duas (ou talvez quatro) culturas diferentes, todos os tipos de ritualismo assim me fazem refletir sobre seus significados, efeitos e valores. E olha que o “Dia do Amigo” nem é algo enraizado culturalmente ou que tem algum padrão pré-estabelecido a ser seguido.

Eu, pessoalmente, preferi não listar ninguém, pois tive o mesmo sentimento que tenho em relação ao Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia dos Namorados, etc. Minha mãe mesmo detesta o Dia das Mães, pois a impressão que se passa é que é o único dia em que se tem a obrigação de lembrar dessas pessoas, enquanto que esses dias deveriam ser sempre. Namorados, pais, mães, amigos, devem se sentir amados e apreciados sempre, e não só em dias que alguém desconhecido definiu para isso.

Aniversários, por exemplo, são comemorações de conquistas, de tempo passado, que são celebrados pelas pessoas queridas. E eu acho muito mais significativo que qualquer outro feriado qualificador de pessoas.

Nesse sentido, acho que uma demonstração de amizade é eu ir na colação de grau de alguém, ou pra comemorar alguma conquista, no aniversário, no cinema, chamar para sair, encontrar. Ser amigo é querer a felicidade de alguém, e ficar feliz por ela em suas conquistas. Ser amigo é se esforçar pela pessoa e saber que ela se esforçará por você, quando precisar, e ao mesmo tempo o relacionamento dar certo sem forçar. É dar certo e fazer tudo dar certo. É pegar no pé e as vezes até dizer o que a pessoa não quer ouvir, para ajudá-la, impedir de cometer erros, ou ajudar a superá-los. Não só citar o nome no twitter pq alguém disse que é o Dia do Amigo. Encontrar ou contatar um amigo já é uma celebração da amizade. Não precisa de provas.

E mesmo que não mantenham contato, eu lembro de todas as pessoas com quem eu já tive uma amizade, e não considero que ela acaba por causa da distância ou pelo longo tempo sem se falar.

Portanto, espero que todas as pessoas que já compartilharam experiências de vida comigo, que se divertiram comigo, e que, de alguma forma, me considerem como amiga, sejam muito felizes, alcancem suas metas e não esqueçam de mim, pois eu não esqueço deles. E não se exaltem por qualquer besteira que eu fizer ou falar, pois entender e aceitar também faz parte.

Sintam-se amados, pois o são. u_ú

Feliz Dia do Amigo.

One thought on “Dia do Amigo [Pt]

  1. VAMPIRA says:

    Falei que você sempre tenta ser a melhor no que faz! Até como amiga você sempre dá o melhor de si! ^^ Feliz dia do amigo!

Comente:

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s